Notícias

Conteúdo do Contrato de Locação

Dica 27: Conteúdo do Contrato de Locação

Olá leitores queridos! Voltamos com uma nova dica para você.

Vamos falar o que precisa constar no contrato de locação da sua empresa.

Toda empresa desse ramo de atuação trabalha com um contrato de locação, onde ficará estipulado todas as responsabilidades e obrigações das partes.

O contrato é uma segurança para ambas as partes. Opte por cláusulas simples e de fácil entendimento. Antes de permitir a assinatura do cliente, esclareça (se for preciso) todas as cláusulas. Explique cada uma, de forma objetiva.

Vamos listar aqui, coisas imprescindíveis para um bom contrato de locação:

Informações sobre as partes: primeiro passo é ter todas as informações das partes detalhadas. Você precisará colocar todas as informações de identificação do seu cliente e da sua empresa.

Obrigações das partes: você precisará criar cláusulas que falam sobre as obrigações de ambas as partes, tanto as da sua empresa quanto do seu cliente. Exemplo de obrigação da locadora é a entrega dos produtos no horário estipulado, uma obrigação do cliente devolução dos produtos dentro do prazo acordado.

Estipulação do período da locação: é importante estipular em contrato o período da locação do cliente, especificando a data de início e data de término, que resulta na devolução dos artigos.

Inadimplência: é importante ter cláusulas que tratam da inadimplência, para respaldo da sua empresa.

Informações sobre a forma de pagamento e valores: é importante que no contrato tenha informações sobre a forma de pagamento acordada entre você e seu cliente. O valor da locação também deverá constar.

Rescisão: você deverá estipular cláusulas que disserte sobre rescisão do contrato. Não use de métodos arbitrários. O contrato pode ser rescindido por inúmeros motivos que fogem do controle de ambas as partes.

Considerações gerais: você precisará dissertar também sobre considerações gerais, como conferência de produtos no ato da entrega, estipular as responsabilidades em caso de dano ou no caso de não ser devolvido no tempo acordado.

Eleger o foro: é importante estabelecer o foro do contrato. O foro seria a cidade ou distrito que as partes residem.

Sugerimos que você, além de seguir essas dicas, se consulte com um especialista em contratos para que fique tudo dentro das normas vigentes, assim você ficará com respaldo da lei, seguindo todas as regras.

Curtiram? Em breve retornaremos com mais dicas para vocês.

© 2020 SLAPFestas. Todos os direitos reservados.

Navegação

Acesse Gratuitamente